FAMÍLIA

Fonte da imagem: http://radioanunciadora.org.br

Será possível pensar em algo tão maravilhoso na criação de Deus quanto à família? 

Toda a obra é maravilhosa, mas a família, é o que nos motiva a lutar. Família é a mais linda obra de Deus. Pois é a nossa base, o nosso alicerce, o que nos motiva e nos mantém de pé. 

Quando somos adolescentes, ficamos ansiosos para morar sozinho e "viver a vida", mas, depois percebemos o quanto a família é importante. Sentimos a sua falta. 

Percebemos que ninguém nos ama como nossos pais (o quanto nossos pais nos amam), que ninguém se preocupa e se importa tanto como eles. Começamos a enxergar o porquê tantas vezes eles agirem de determinada maneira.  Percebemos o verdadeiro sentimento  e, o quanto devemos valoriza-los. 

Às vezes, é necessário quebrar a cara, para enxergamos quem são nossos verdadeiros amigos (família). 

Valorizar a família é o que precisamos fazer, pois eles estão sempre ao nosso lado. 

Confesso que sinto muita falta da minha família e que me preocupo a cada segundo em como eles estão. 

Eu peço a Deus que os proteja e os abençoe, pois eu os amo tanto e não posso imaginar minha vida sem eles. 

Eu quero aprender a cuidar da minha família, a valorizar e a honrar. 

Eu sei que família mais maravilhosa não existe e que se pudéssemos escolher nossa família, haveria um concurso público para ser filhos dos meus pais e irmãos dos meus irmãos. 

Às vezes não compreendo o porquê de tantos problemas na família. Tantos desafios, barreiras... Às vezes parece que é o fim, e quando algum membro da família sofre, os outros sofrem juntos, ou até mais... 

Eu amo tanto minha família e eu quero vê-los bem, felizes, realizados e na presença do senhor, pois Ele é tudo o que precisamos.

Ore por sua família. Valorize a sua família.

NOVOS CAMINHOS

Fonte da imagem: http://guiame.com.br

A realidade está sempre ali, não tem como mudar ela, mas podemos aprender maneiras de lhe dar com a realidade de maneira saudável.

APRENDENDO COM A DOR

Fonte da imagem: http://hypescience.com

Quantas vezes acontecem coisas que nos tiram os "pés do chão". Quantas vezes não compreendermos o porquê de certos acontecimentos. Quantas vezes ficamos tristes e sozinhos. Sentimos uma grande dor no coração. 

Não entendemos o propósito do "deserto", do "vale" que passamos. Pensamos que Deus não se importa conosco, nem com nossas necessidades. Pensamos que Ele vê somente as outras pessoas.

Quantas vezes a vida nos surpreende e nos sentimos frustrados diante de expectativas que criamos. São momentos difíceis e de dor emocional.

Mas guarde sempre em seu coração que em todos esses momentos e com todos esses sentimentos há grandes lições e aprendizados que nos farão amadurecer, crescer e desenvolver. 

Podemos tirar grande proveito de todas as situações e circunstâncias, por mais doídas que sejam. Seja a perda, seja a doença, seja a decepção, seja a frustração, seja o que for.  Tudo pode cooperar para o nosso bem. Tudo pode nos levar a lugares melhores, além do que pensamos. Tudo pode nos tornar pessoas melhores. 

Basta olhar com outros olhos. Basta em cada "vale" olhar para as flores e vidas que ali estão. Basta enxergar no deserto uma oportunidade para aprender. 
Podemos ir além, podemos aprender com a dor. 

Eu compreendo perfeitamente que só quem passa um problema sabe a dor que é. Mas eu acredito que diante desse problema que só você sabe como é difícil, você pode aprender e tirar grandes lições. 

Em tudo estamos sendo moldados, que seja para o bem.

VAI SABER

Fonte da imagem: paroquiadecasaforte.com.br

Sabe quando você está no seu "cantinho" e, é exatamente o que você é? Quando você pode chorar e refletir sobre todas as suas dores? Quando você se depara com o que sente, com suas emoções, suas inúmeras questões pessoais? 

Sabe quando você se sente desemparado? Quando por fora e para os outros você se mostra forte, mas para si e por dentro se sente esgotado e sem forças? 

Sim... Vivemos momentos assim. Isso faz parte de nossa vida. Só Deus sabe como nos sentimos muitas vezes.

O que eu quero deixar de reflexão hoje é: "você já parou para pensar que essa pessoa que está ao seu lado todos os dias, que seu familiar ou essa pessoa que está com a "cara ruim" na rua, que o seu inimigo, que pessoas a sua volta que você julga pode estar passando por um momento difícil, um momento de dor? Assim como você?".

Todos nós temos momentos difíceis. Cada um reage de uma maneira diferente e, mesmo que algumas maneiras sejam inadequadas e incompreensíveis para nós, devemos ter amor e não julgar. Pois cada ser humano é único e subjetivo, assim como a dor diante de um problema. 

Não é porque você age dessa maneira que o outro tem que agir. Somos únicos e da mesma forma que almejamos o devido respeito diante de nossa dor, devemos respeitar a dor do outro.

Às vezes não sabemos o que o outro está passando, é por isso que devemos ser mansos e humildes, amar o próximo e estar disposto a ajudar. Pois pode ser que uma pessoa precise só de sua compreensão e respeito. 

Uma atitude simples pode ajudar.