O QUE FAZER COM A DOR?

Imagem retirada de: https://br.pinterest.com/pin

“Deus nos ajuda na dor. Quer seja dor física ou emocional, Deus tem a consolação que precisamos. Ele nos ajuda a superar a dor e a manter a esperança. A dor não é para sempre, mas o amor de Deus nunca acaba. Jesus veio para nos ajudar na dor. Ele entende nosso sofrimento, porque ele também sofreu dor. Mas Jesus venceu toda a dor! Um dia, no Céu, não haverá mais dor nem sofrimento. Mas, até lá, Jesus nos ajuda a superar a dor.”.

Fonte: https://www.bibliaon.com/dor/

“Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação.”. (2 Coríntios 1.5)

“Mas tu enxergas o sofrimento e a dor; observa-os para tomá-los em tuas mãos. A vítima deles entrega-se a ti; Tu és o protetor do órfão.”. (Salmos 10.14)

Às vezes, a dor é tão intensa que não sabemos o que fazer com ela. Não vemos a luz no fim do túnel... Não vemos esperança... Não sabemos o que fazer... Não vemos sentido e não enxergamos o propósito de Deus. Parece que até Deus está contra nós...

Mas hoje quero te dizer que Jesus levou as nossas dores, Ele nos entende e nos consola, Ele não vai deixar você perecer. Ele é quem cuida de você. Ele te ama e, muitas vezes, permiti a dor para que você amadureça e se torne uma pessoa melhor.

Você pode tirar lições dos momentos de angústia e ajudar outras pessoas que estão passando por isso.

Apesar de só quem sente a dor sabe como é. Eu te digo o que você deve fazer: você deve entregar a sua dor para Deus e confiar Nele, pois a sua vida está em Suas mãos. Você não será desamparado. Deus está te moldando, te aperfeiçoando e você está amadurecendo. Confie no Senhor, pois toda a sua angústia tem um propósito maior e irá cooperar para o seu bem. Jesus te ama! 

FLORES NO VALE

Imagem retirada de: http://horoscopovirtual.uol.com.br/

“O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.” (Salmos 23.1-6).

Em alguns momentos da vida passamos pelo vale da sombra da morte. Pensamos que é o fim. Não enxergamos soluções. Sentimo-nos sozinhos e incompreendidos.

Porém, devemos nos lembrar da promessa do Pai: que ainda que andássemos pelo vale da sombra da morte, não temeríamos mal algum, pois ali Ele está conosco e não nos abandona, Ele não nos desampara.

Ao permitir esse período em nossa vida, Ele tem um propósito e tudo cooperará para o nosso bem.

No vale nascem flores, árvores, existe água, no vale há vida... Ou seja, não é o fim. Foi no vale que Deus fez reviver aqueles ossos secos. Foi no deserto que Deus fez milagres. Foi na dor que Ele mostrou Seu grande poder.

Não devemos nos desesperar e nem desistir. Precisamos confiar em Deus, pois Ele é o nosso pastor e nada nos faltará. Ele é quem cuida de nós. Ele nos ama e já levou sobre si as nossas dores.

Enquanto estamos passando pelo vale podemos colher as flores, ou seja, tirar lições, aprendizados, podemos amadurecer e nos tornar pessoas melhores. Podemos trabalhar a nossa essência e exercer a nossa fé. Podemos enxergar a palavra de Deus se cumprindo em nossa vida.

Não importa onde e em qual situação você está, pois Deus está contigo. E diante disso, vamos colhendo as flores, lembrando de que tudo irá cooperar para o nosso bem.