POR QUÊ?

Imagem retirada de: http://www.psiconlinews.com/

Às vezes tudo parece sem sentido, incompreensível, inexplicável. Perguntamo-nos o porquê “dessa situação” estar acontecendo conosco. Será por que Deus está permitindo? O que eu fiz para merecer isso? Por quê?

Quantas vezes nos encontramos diante desses pensamentos. Sentimos vontade de sumir, até mesmo de desistir de tudo.

Como seres humanos, estamos sujeitos a situações que nos causem dor, tanto física quanto psicológica. Por isso, tantas vezes esses são os nossos pensamentos.

A questão é: como você vai lhe dar com essa situação. 

É evidente que você não pode controlar o que acontece em sua vida e nem das pessoas a sua volta. 

Mas você pode controlar como você enfrentará a situação. 

Bom, isso não é nenhum pouco fácil, pois esses pensamentos de desespero e tristeza estão presentes. Portanto, precisamos vencê-los.

Deus nunca disse que a jornada seria fácil, mas nos assegurou que estaria conosco. Ele não nos abandona. E por mais que, às vezes, é muito difícil compreender isso e entender o porquê de Deus permitir certas coisas acontecerem em nossa vida, à fé de que tudo cooperará para o nosso bem deve ser maior do que toda a dúvida.

Às vezes,  a dor é tão intensa que pensamos coisas absurdas, mas, Deus está pronto a nos ajudar e nos consolar de todas as nossas aflições. Ele é a paz que excede todo o nosso entendimento. 

Precisamos confiar a nossa vida e as nossas angústias a Ele. Ele irá ajudar. Ore, converse com Deus. Ele te ama e quer te ver bem.

Nunca se esqueça do amor Deus por você!

CUIDADO COM OS MAUS CONSELHOS

Fonte da imagem: http://blog.cruzeirodosul.edu.br

“Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite. É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera! Não é o caso dos ímpios! São como palha que o vento leva. Por isso os ímpios não resistirão no julgamento, nem os pecadores na comunidade dos justos. Pois o Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição!” (Salmos 1.1-6)

“Não se deixem enganar: as más companhias corrompem os bons costumes.” (1 Coríntios 15.33)

Diariamente somos bombardeados com inúmeros conselhos, dicas, opiniões e, muitas vezes, esses bombardeios não são bons e vão nos influenciar negativamente.

Quantas vezes ouvimos inúmeros conselhos sobre o que devemos fazer e como devemos agir? São muitos e boa parte nos impulsiona a agir de maneira que desagrada o Senhor.

É evidente que há, de fato, muitos bons conselhos. Estes são úteis para um melhor desempenho da nossa vida, tais conselhos devem sim ser considerados e avaliados, porém, devemos o tempo todo estar atentos ao que estamos ouvindo; se é verdadeiro, se é útil, se é bom e necessário.

Infelizmente, muitas pessoas não querem o nosso bem e, por isso, acabam utilizando palavras para nos prejudicar. A questão é: não deixe que as influências, opiniões e conselhos que te induzam a agir fora da palavra de Deus.

Que a vontade do Senhor seja maior do que o conselho dos ímpios. Que possamos valorizar a Palavra e os conselhos do Senhor acima de qualquer influência externa que queria nos desviar do foco que é Jesus.

A paz! 

CUIDADO COM AS SUAS PALAVRAS

Fonte da imagem: recados.etc.br

“A língua tem grande poder. Com a língua podemos abençoar ou amaldiçoar, encorajar ou deixar abaixo e até salvar ou matar! Por isso é muito importante aprender a controlar a língua. Quem não controla a língua tem muitos problemas.”

“Quem se submete a Deus tem cuidado com o que fala. Falar a Palavra de Deus abençoa e traz sabedoria. Devemos sempre abençoar com nossa língua.”

“Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura.” (Provérbios 12.18)

“A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto.” (Provérbios 18.21)

“Quem de vocês quer amar a vida e deseja ver dias felizes? Guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade.” (Salmos 34.12-13)

“Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo.” (Tiago 3.2)

“A boca do justo profere sabedoria, e a sua língua fala conforme a justiça. Ele traz no coração a lei do seu Deus; nunca pisará em falso.” (Salmos 37.30-31)

“Com a língua bendizemos o Senhor e Pai e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não pode ser assim! Acaso podem sair água doce e água amarga da mesma fonte? Meus irmãos, pode uma figueira produzir azeitonas ou uma videira figos? Da mesma forma, uma fonte de água salgada não pode produzir água doce.” (Tiago 3.9-12)

"Se você soubesse o impacto que suas palavras podem causar em uma vida, você pensaria duas vezes antes de falar qualquer coisa." 

Sim, uma palavra ou uma frase pode derrubar ou levantar uma pessoa. Inclusive a maneira como você fala (o seu tom de voz, a sua expressão, a ocasião, com quem você fala) pode acarretar impactos positivos ou negativos em alguém.

Precisamos dar muita atenção em nossa fala, tomando todo o cuidado possível com o que falamos. Inclusive, devemos observar nosso comportamento verbal para quem está mais próximo de nós e quem amamos, pois, muitas vezes, elas são as mais afetadas por nosso descuido na fala.

Podemos matar, destruir ou derrubar alguém. Assim como podemos ajudar uma pessoas que está no fundo do poço e necessita apenas de uma palavra amiga.

Peça a Deus sabedoria para utilizar somente palavras edificantes e te ajudar a controlar a sua língua, possuindo domínio próprio.

Use sua boca como fonte de bênçãos, e não como fonte de destruição.

E lembre-se: “A boca fala do que está cheio o coração.” (Mateus 12.34)

ONDE BUSCAMOS A SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS?

Fonte da imagem: Espaço de sol - viver tudo em Deus

“O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus é o meu rochedo, em quem me refugio. Ele é o meu escudo e o poder que me salva, a minha torre alta.” (Salmos 18.2)

“Deus é a minha salvação; terei confiança e não temerei. O Senhor, sim, o Senhor é a minha força e o meu cântico; ele é a minha salvação!” (Isaías 12.2)

“O Senhor é bom, um refúgio em tempos de angústia. Ele protege os que nele confiam.” (Naum 1.7)

“Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.” (Salmos 91.2)

“SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó Senhor, tudo conheces. Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.” (Salmos 139.1-5)

“Ó Senhor dos Exércitos, como é feliz aquele que em ti confia!” (Salmos 84.12)

“Este é o Deus cujo caminho é perfeito; a palavra do Senhor é comprovadamente genuína. Ele é escudo para todos os que nele se refugiam.” (2 Samuel 22.31)

“Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam.” (Salmos 9.10)

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento.” (Provérbios 3.5)

“Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá.” (Salmos 37.5)

“Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti.” (Salmos 56.3)

“Pois tu és a minha esperança, ó Soberano Senhor, em ti está a minha confiança desde a juventude.” (Salmos 71.5)

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6.33)

“O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.” (Filipenses 4.19)

Diante de inúmeros problemas - físicos, psicológicos, materiais, etc. - somos impulsionados a buscar auxílio, a questão é, onde estamos buscando ajuda? Onde estamos depositando nossa confiança? 

Se temos problemas de saúde, de fato, devemos procurar um médico e cuidar da nossa saúde, se estamos com problemas psicológicos - ansiedade, depressão, transtornos mentais, etc. - devemos procurar um psicólogo que possa nos auxiliar. Se estamos com problemas financeiros, devemos procurar uma orientação de como administrar nosso dinheiro e correr atrás de oportunidades de trabalho. Esses foram alguns exemplos de problemas, existem muitos outros.

Cada ser humano possui o seu problema, e sabe a dor que sente diante dele.  É verdade que devemos buscar ajuda em outras pessoas, pois Deus pode usá-las para nos abençoar.

A questão é que, acima de tudo, você deve estar consciente de que Deus é sua primeira ajuda, Ele é seu auxílio e socorro bem presente na angústia.

Muitas vezes, você pode pensar que Ele não está te vendo e não fará nada em seu favor, mas quero te dizer que, Deus conhece o seu levantar e o seu assentar, Ele sabe tudo sobre você e em tudo tem um propósito, muito maior que o seu problema, você precisa confiar n'Ele.

Em primeiro lugar, precisamos buscar o reino de Deus. Não é que você não deve procurar outra ajuda enquanto não vê Deus agindo, mas você deve estar ciente que Ele é o seu socorro, apenas confie n'Ele. Conte para Ele o seu problema. Seja amigo d'Ele. Ele te ama.

ORIENTAÇÃO DE DEUS

Fonte da imagem: http://tourdabeleza.com.br/


(Números 9.16-18)

“Era assim que sempre acontecia: de dia a nuvem cobria, e de noite tinha a aparência de fogo. Sempre que a nuvem se levantava de cima da Tenda, os israelitas partiam; no lugar em que a nuvem descia, ali acampavam. Conforme a ordem do Senhor os israelitas partiam, e conforme a ordem do Senhor,  acampavam.”

(9.22-23)

“Quer a nuvem ficasse sobre o tabernáculo dois dias, quer um mês, quer mais tempo, os israelitas permaneciam no acampamento e não partiam; mas, quando ele se levantava, partiam. Conforme a ordem do Senhor acampavam. Nesse meio tempo, cumpriam suas responsabilidades para com o Senhor, de acordo com a suas ordens, anunciadas por Moisés.”

Oi amigos de Deus. Espero que vocês estejam todos bem!

Em Números temos esses versículo, onde podemos tirar uma lição para uma vida de sucesso.

"Não faça nada até que o Senhor lhe permita, lhe oriente e lhe diga." 

Quantas vezes ficamos em dúvida de como devemos agir, o que devemos fazer, qual decisão tomar; pensamos em qual caminho é melhor, o que é certo..

Bom, essa passagem, assim como outras, mostra que o povo só fazia algo sobre a orientação de Deus. E sem a permissão d'Ele, não tomavam nenhuma iniciativa. 

Talvez você esteja pensando, que naquela época, Deus lhes dava um sinal de como deveriam agir e falava diretamente com o povo através de Moisés. E hoje, não é assim...

Bom, pode até ser que não seja assim, mas esse não é o único meio em que Deus fala com você.

Sabe quando você está com dúvida se deve ou não fazer algo? Então, quando você sente paz, é um sinal positivo, mas quando esse algo te deixa desinquieto, talvez seja porque você não deve fazer esse algo.

É verdade que a vida não é simples, provavelmente nunca foi fácil, e, na minha opinião, quando fazemos algo sem estar no centro da vontade de Deus, tudo fica ainda mais difícil, uma vez que, não sabemos o que acontecerá futuramente e, é fato que, geralmente não sabemos o que é melhor para nós. Mas Deus não só sabe o que é melhor, como nos promete o melhor da terra. 

Precisamos aprender a confiar nele e seguir sua orientação. Pois Ele nos criou e sabe tudo sobre nós, inclusive o que nos fará bem.

Deus abençoe!