AS VIRTUDES

Imagem relacionada
Imagem retirada de: Recados para você

Amor. Quando você permite o amadurecimento dessa virtude, o egoísmo um sentimento que o leva a viver em torno de você mesmo, sem se preocupar com os outros - é destronado de seu coração. E, sabe o que resta? O amor! E você se torna amável  amoroso e começa a pensar e se preocupar com os outros (Rm 13.9; Lc.25-27)

Alegria. Ao permitir que o Espírito Santo atue em sua vida, você sentirá uma alegria intensa (Sl 149.5,6), completa (Jo 17.13), servindo-lhe de bom remédio (Pv 17.22). Essa alegria deixará o seu rosto mais bonito (Pv 15.13) e o fortalecerá no Senhor ( Ne 8.10)

Paz. Em um mundo de tanta intolerância e guerras por toda parte, Deus deseja que seja pacificador. Sabia que você só pode ser pacificador  depois de se tornar pacífico? Isso mesmo! Somente após obter a paz com Deus (Fp 4.7), mediante o fruto do Espírito, você conseguirá ter paz com os outros, sendo comunicador dessa virtude (Mt 5.9)

Longanimidade. O que é longanimidade  É ter ânimo longo, isto é, paciência:  "A pessoa que se mantém calma e sábia, mas a que facilmente perde a calma mostra que não tem juízo" (Pv 14.29)

Benignidade. O mundo está no maligno (1 Jo 2.19) , mas o crente tem de ser benigno, dócil, gentil. Aparentemente, isso é incompatível com a realidade atual, principalmente para o homem, acostumado a ser para o homem, acostumado a ser "durão". Mas ser benigno não significa ser frouxo ou covarde (1 Sm 16.18; Mt 23.23-29)

Bondade. Quem tem as características mencionadas acima, está apto para desempenhar a bondade - o amor a ação- que também é incentivada pelo consolador que habita o crente. Não adianta você dizer que ama, se não fizer o bem. E quando você não o faz você estará cometendo pecado (Tg 4.17) sabia disso? Permita que o fruto do Espírito amadureça, para que você faça o bem  todos (Gl 6.10)

Fé. Sem fé é impossível agradar ao Senhor (Hb 11.6). A palavra "fé" aparece com significados variados nas páginas sagradas (Rm 14.23; Gl 1.23). Mas, em geral, é sinônimo de confiança inabalável  gerada pelo Espírito Santo, capaz de manter o crente firme em meio ás adversidades (Mq 7.1-7; Hc 3.17,18)

Mansidão. Não existe ninguém do mundo do que seja manso de nascimento. Embora haja pessoas ponderadas, calmas por natureza, a mansidão  propriamente é uma virtude gerada pelo Espírito Santo. Só Ele pode moldar o seu caráter, para que você não tenha reações que resultem em prejuízos para a vida. Aprenda com Jesus ser manso e humilde de coração (Mt 11.29)

Temperança. A última virtude é a temperança - domínio próprio, equilíbrio. É uma capacidade que você, como salvo, recebe do Espírito Santo para saber até onde pode ir.

A LEVEZA NAS ESCOLHAS

Imagem retirada de: Uma lição sobre fé

Problemas sempre existirão, mas podemos escolher levar uma vida mais leve. Aristóteles dizia que perdemos muito tempo com coisas acidentais e, com isso, sobra-nos pouco tempo para as essenciais.

Os acidentes acontecem sempre.

Coisas acidentais que não deveriam nos roubar muito tempo. Mas essas coisas, quando nascidas de pessoas emocionalmente abaladas, podem nos roubar a própria vida.

Escolhas erradas que tornam a vida mais pesada. Ou, talvez, ausência de escolhas. É o desejo comandado. É a raiva comandando. É o espírito de vingança roubando o meu futuro. 

Fonte: Da graduação para o mercado de trabalho: caminhos para o sucesso – 1º Edição Estácio de Sá. Capítulo 3. Inteligência Alpha: uma reflexão sobre o potencial humano. A partir da página 53 até a página 88. 

RELAÇÕES INTERPESSOAIS

Imagem retirada de: Hidden thoughts

Para que as relações interpessoais (amizade com o próximo) sejam leves, harmônicas, é preciso que as relações intrapessoais (amizade comigo mesmo) também o sejam. Uma pessoa que não gosta de se relacionar consigo mesma, que não reflete, que não pensa, que não tem afeto por si, dificilmente estará aberta a se relacionar corretamente com o outro. Será sempre uma relação de cobrança, de inveja, de despeito. Triste inveja. Triste desejo de destruir o que o outro tem. Um amigo não é aquele com quem contamos nos momentos mais difíceis, apenas. Um amigo é aquele que está ao nosso lado nos nossos melhores momentos e não tem inveja.

Cultivar pessoas e momentos nos ajuda a viver melhor. Compreender o tempo como um aliado e não como um inimigo. Cada fase da vida tem sua beleza, tem seu significado. A maturidade é tão rica quanto o despertar da juventude. Cada uma tem sua força e suas fragilidades. Mas é assim que é. É um fluxo, como já dissemos, um fluxo de vivência. É preciso escolher o melhor de cada fase.

Fonte: Da graduação para o mercado de trabalho: caminhos para o sucesso – 1º Edição. Estácio de Sá. Capítulo 3. Inteligência Alpha: uma reflexão sobre o potencial humano. A partir da página 53 até a página 88. 

DECISÕES

Imagem retirada de: Recados, etc..

As decisões que tomamos por impulso tentem a ser incorretas. Não é prudente que um barco saia em meio à tempestade. É melhor esperar a tempestade passar para o barco sair com segurança. Isso vale para as nossas escolhas.

No meio de uma tempestade, dificilmente, conseguimos escolher a rota correta. Porque nos falta visão clara. A visão clara depende do nosso diálogo interno. É preciso fazer silencio. E isso não é fácil, porque há barulhos por todos os lados.

A nossa carência faz com que precisemos perguntar a opinião do outro o tempo todo. E faz com que precisemos do apoio, do aplaudo do outro. Isso é ruim, porque a minha realização não está no outro. O outro faz parte da minha história e é ótimo que eu tenha todas as condições de ouvir opiniões, de conversar serenamente, mas a decisão tem que ser minha. E só será minha se eu conseguir refletir.

Vidas desperdiçadas pela ausência de reflexão, pelo desejo de se mostrar mais corajoso do que o outro. Isso não é coragem; É temeridade!

Fonte: Da graduação para o mercado de trabalho: caminhos para o sucesso – 1º Edição. Estácio de Sá. Capítulo 3. Inteligência Alpha: uma reflexão sobre o potencial humano. A partir da página 53 até a página 88.