SEGUINDO A DIREÇÃO DE DEUS


Muitas vezes os filhos de Deus já se perguntaram se há como reconhecer a direção do Senhor, a vontade de Deus para suas vidas. Essa é uma das coisas mais difíceis. Mesmo assim, um cristão pode experimentar a direção do Eterno, de uma ou outra forma.

Pela palavra: Um cristão que deseja experimentar a condução de Deus precisa, em primeiro lugar, estar cheio de uma confiança profunda e infantil na Palavra revelada de Deus. Se você procura por certeza absoluta, então nunca deixe de pegar a sua Bíblia! O salmista ora assim: 

“Ensina-me bom juízo e conhecimento, pois creio nos teus mandamentos” (Salmos 119.66). 

Por que a Palavra de Deus tem condições de permitir que experimentemos a maravilhosa direção do Senhor? Porque não é apenas a palavra do Eterno, mas porque o próprio Cristo é a Palavra!

Pelo olhar de Deus: “Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho”. Salmo 32.8    
                                                                
O Senhor promete aos Seus que vai conduzi-los dirigindo a eles os Seus olhos. É como o relacionamento cheio de amor entre um pai e o filho que ele vê diante de si. O pai conduz a criança pela mão, enquanto seus olhos vigiam continuamente o filho.

Quando um jovem questionou o Senhor Jesus sobre a vida eterna (Mc 10.17) e confirmou que desde criança cumpria todos os mandamentos (v. 20), lemos: “E Jesus, olhando-o, o amou…” (v. 21).

Por que Jesus olhou para ele? Para guiá-lo; para tomá-lo pela mão para que reconhecesse o caminho certo para sua vida. O jovem rico recebeu a oportunidade de ser guiado pelo próprio Jesus. Os olhos do Senhor já pousavam cheios de amor sobre ele – mas o homem não atendeu ao apelo. Que tragédia! É uma prova ilimitada do Seu amor que os Seus olhos repousem sobre nós, para que Ele nos aconselhe e guie desse jeito Se tomarmos consciência de quão maravilhosos são os olhos que repousam sobre nós, então só podemos adorar, dizendo: que grande Senhor é o nosso!

Fonte: http://andrezih.tumblr.com/

Por: Luana Raposo

LIVRES DO DOMÍNIO DO PECADO


“Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, Mas vivos para Deus, em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6.11).

 O diabo usa diversas situações para nos tirar da presença divina. No entanto, não devemos temer suas estratégias, pois não estamos mais debaixo do seu domínio, mas, sim, da graça divina. No entanto, se houver fraqueza em seu coração, o inimigo verá e, com isso, virá de mansinho, despertando o seu interesse por alguma coisa errada. É evidente que ele chamará sua atenção para algo proibido pela Palavra de Deus. O que fazer nesse momento? O mais certo é cumprir o que estamos aprendendo neste versículo: considerar-nos como mortos para o pecado e, por extensão, para as tentações da carne.

Desde o momento em que Aquele que não cometeu pecado morreu para as concupiscências, fazendo-Se pecado em nosso lugar, ficamos livres das nossas transgressões e iniquidades. Isso aconteceu porque Cristo sofreu todas elas na cruz do Calvário. Então, desde aquele momento, passamos a ter direito de reivindicar os nossos direitos n’Ele. Como Ele morreu uma vez por todas, não tem mais de morrer em favor de quem quer que seja (1 Pedro 3.18); por isso podemos declarar que já estamos livres para sempre das “ações de cobrança” do inimigo. A morte de Jesus em nosso lugar nos libertou de qualquer sofrimento.

Toda vez que alguma tentação vier sobre a sua vida, ou o inimigo quiser mostrar que você está nas mãos dele por ter errado, considere-se como morto para as tentações e recuse qualquer mentira do mestre do engano. Por termos morrido em Cristo, não temos de permitir que alguma insinuação do maligno prospere. A declaração de que estamos mortos para o pecado nos livra de qualquer punição. Basta confessar seus erros e não mais se deixar levar pelo pai da mentira (João 8.44).

Observe que o conselho divino não somente nos orienta a nos considerarmos como mortos para o pecado – isso quer dizer que não precisamos atender aos reclames do maligno, – mas também nos instrui a nos considerarmos como vivos para Deus, o que significa que somos capazes de colocar o poder celestial em ação. Como os mortos não pagam conta, não temos de pagar o que devíamos ao inimigo por termos feito sua vontade outrora. Porém, faz-se necessário crermos e nos considerarmos aptos para realizar os desígnios divinos.

É de suma importância que você se considere vivo para Deus – religado n’Ele para cumprir Seu plano. Antes da nossa salvação, estávamos mortos para Deus, desligados d’Ele e, por isso, não nos era possível cumprir as missões que Ele nos outorgava. Agora, as coisas se inverteram. Basta que creiamos no que o Senhor fala, pois, estando mortos para o pecado e vivos para Ele, nada nos será impossível.

Ora, o fato de Jesus morrer por nós uma única vez nos dá a certeza de que, absolutamente, não temos de sofrer nenhum castigo pelos nossos erros e, desde então, somos operadores da vontade divina.

Por: Luana Raposo

POR QUE ORAR?


Orar sem cessar – 1° Tessalonicenses 5.17

Por meio da oração podemos expor nossa gratidão, felicidade, adoração, necessidades e buscar socorro quando necessário é fortalecer a nossa fé para vencer as investidas de Satanás, pela oração e fé alcançamos a vitória.

A oração é colocar em “ação” nossa conversa com Deus. Por exemplo: quanto mais você conversar com um irmão em Cristo, amigo ou pessoa do seu dia a dia você adquiri o que? Adquiri–se intimidade, certo?

E é isto que este versículo fala “orar sem cessar” e o que Deus mais quer é intimidade com seus Filhos. E tendo mais intimidade com Deus, ainda mais colocamos nossa vida no altar, aos seus ensinamentos, a sua palavra, aprender a ouvi-lo e discernir a sua voz em meio a tanto barulho, e muitas outras coisas que só o nosso Senhor pode fazer. A oração também é um mandamento de Cristo; Jesus Cristo nos exortou a vigiar e orar, (Marcos 14.38) Galera, não deixe de orar, orar sem cessar! Vamos buscar ainda mais, por meio do Espírito Santo que habita em nós a intimidade com nosso Senhor.

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca”.

IBNA

Por: Luana Raposo

MAIS SOBRE NAMORO


Existem algumas etapas em um relacionamento até que se chegue ao matrimônio. A primeira delas é a amizade. Antes de escolher seu parceiro, primeiro você deve escolher seus amigos. Tudo se inicia na verdadeira amizade. Essa amizade é uma pré-qualificação para o namoro. Pra se ter uma dimensão da importância do namoro, imagine que você está procurando um(a) futuro(a) esposo(a) e não apenas um(a) namorado(a). De cara, se você tá entrando em um namoro e não há uma amizade sincera, já começou errado. Conheci muitos casais que começaram a namorar e pouco tempo depois romperam porque descobriram que não se conheciam bem. Então não caia nesse erro. Passou no teste? Se você passou, então é hora de observar. O que acontece quase sempre em uma amizade entre discípulos, é que os eles tem medo de comprometer essa amizade, ou achar que está se confundindo. Mas isso só acontece se você seguir apenas seu coração. Lembre-se que o coração é enganoso e que é do Senhor que vem a certeza. Se uma amizade se torna especial, a principio não faça nada, nenhum movimento brusco. Não mude de comportamento, isso pode comprometer tudo (vai por mim). Tudo indica que Deus está confirmando, o que fazer? Como posso conhecer melhor esta pessoa? Procure saber como essa pessoa se relaciona com as pessoas, com a família, com a igreja, com a sociedade. Observe se ela é humilde, seus hábitos, temperamento, se é preguiçosa, se é cavalheiro (ou dama). Se é comprometida totalmente com Jesus, Sua Palavra e Sua Igreja. Não esqueça de que estamos falando do seu possível futuro cônjuge. Enquanto você observa, certifique-se de que não é uma paixão passageira, e o mais importante: gostar é uma condição necessária, mas insuficiente para casar. Sem pressa, você está definindo um relacionamento para o resto da sua vida.

Se passou nesse teste também, responda as seguintes perguntas:

1.   Você já o (a) conhece bem?
2.   Você se veria casado  (a) com esta pessoa?
3.   Você sente segurança do que sente por ele (a)?
4.   Você já sabe qual é a direção de Deus?

Se você mandar bem no questionário aqui em cima, amém, você está prestes a entrar na fase mais importante de sua vida. Isso não é um ritual, são passos importantes pra que você não defina sua vida pelos padrões do mundo. Nada de cupidos, converse com seus pais (não os exclua), compartilhe isso com o seu discipulador e/ou algum companheiro da igreja.

Fonte: Minha vida Cristã

SEXUALIDADE

Prazer imediato e sem limite! Sexo sem compromisso e sempre que eu tiver vontade. Essa é minha vida e eu faço dela o que eu bem quiser! Todo mundo vive assim, por que eu faria diferente?

Antes de tudo, a sua sexualidade é um presente, é uma dádiva divina. Deus o criou de uma forma que você pudesse se sentir fisicamente atraído por outra pessoa. Mas, Deus lhe deu esse presente com propósitos bem definidos.

A vulgarização do sexo que o mundo chama de liberdade é na verdade uma prisão faz das pessoas escravas dos seus desejos carnais. No fim das contas você só colhe solidão, frustração e vazio. Não foi isso que Deus planejou para você.

O prazer sexual foi criado para ser desfrutado no seu devido tempo. É tão bom que vale a pena esperar, guardar e se preparar para esse momento. Uma vida de pureza é o que o Senhor espera de você.

Se esse tem sido o seu estilo de vida, procure viver uma vida de pureza, ela vai resgatar o sexo a uma posição de dádiva de Deus para a sua felicidade e da pessoa que viver ao seu lado. Não ligue pro que as pessoas dizem, se te chamam de careta ou dizem que você não é desse mundo. Ta na hora também de você rever suas amizades, elas têm sido boas influências?

Que sua vida seja um exemplo, pra que o mundo possa ver em você a beleza que existe no “outro lado” da sexualidade.

“Deus quer de mim vida pura: fugindo da imoralidade sexual; aprendendo a dar dignidade ao meu corpo, e não dominado pelo desejo. deus espera de mim dedicação radical.” (1 Tessalonicenses 4.3-4) 

Fonte: Minha vida Cristã

JESUS EM BREVE VOLTARÁ


 


E agora tudo está se cumprindo, o fim está próximo. Jesus pode voltar amanhã, você está pronto?

Mateus 24:6 Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, mas não tenham medo. É necessário que tais coisas aconteçam, mas ainda não é o fim.

 Mateus 24:7 Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares.

1 João 2:18 Filhinhos, esta é a última hora; e, conforme ouvistes que vem o anticristo, já muitos anticristos se têm levantado; por onde conhecemos que é a última hora.


Mateus 24:14 E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.

HOSPITAL DO SENHOR


Fui ao hospital do Senhor fazer um "check-up" de rotina e constatei que estava doente. Quando Jesus mediu minha pressão, verificou que estava baixa de ternura. Ao tirar a temperatura, o termômetro registrou 40 graus de egoísmo.

Fiz um eletrocardiograma e foi diagnosticado que necessitava de uma ponte de amor, pois minha artéria estava bloqueada e não estava abastecendo meu coração vazio.

Passei pela ortopedia, pois estava com dificuldade de andar lado a lado com meu irmão e não conseguia abraçá-lo por ter fraturado o braço, ao tropeçar na minha vaidade.

Constatou-se miopia, pois não conseguia enxergar além das aparências.

Queixei-me de não poder ouvi-lo e diagnosticou bloqueio em decorrência das palavras vazias do dia-a-dia.

Obrigado, Senhor, por não ter me cobrado consulta, pela sua grande misericórdia. Prometo, ao sair daqui, somente usar remédios naturais que me indicou e que estão no Evangelho. Vou tomar diariamente, ao me levantar, chá de agradecimento; ao chegar ao trabalho, beber uma colher de sopa de bom dia; e de hora em hora, um comprimido de paciência, com um copo de humildade.

Ao chegar em casa, Senhor, vou tomar, diariamente, uma injeção de amor e, ao me deitar, duas cápsulas de consciência tranquila. Agindo assim, tenho certeza de que não ficarei mais doente e todos os dias serão de confraternização e solidariedade.

Prometo prolongar este tratamento preventivo por toda a minha vida, para que quando eu for chamado, possa ser achado digno de ser Seu filho. Obrigado senhor, e perdoe-me. De seu cliente.


"Todos nós vivemos devorados pela necessidade de sermos amados, mas temos medo da insegurança de amar."

TOME A SUA CRUZ E SIGA-ME


Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me; Pois, quem quiser salvar a sua vida por amor de mim perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? Ou que dará o homem em troca da sua vida? Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras. Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.

ELAS SABEM O QUE É AMOR


O que é o amor?

Esta foi uma pesquisa feita por profissionais de educação e psicologia com um grupo de crianças de 4 a 8 anos.

Respostas:

“Amor é quando alguém te magoa, e você, mesmo muito magoado, não grita, porque sabe que isso fere seus sentimentos” - Mathew, 6 anos

“Quando minha avó pegou artrite, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô, desde então, pinta as unha para ela. Mesmo quando ele tem artrite” - Rebecca, 8 anos

“Eu sei que minha irmã mais velha me ama, porque ela me dá todas as suas roupas velhas e tem que sair para comprar outras” - Lauren, 4 anos

“Amor é como uma velhinha e um velhinho que ainda são muito amigos, mesmo conhecendo há muito tempo” - Tommy, 6 anos

“Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome é diferente” - Billy, 4 anos

“Amor é quando você sai para comer e oferece suas batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as batatinhas dela” - Chrissy, 6 anos

“Amor é quando minha mãe faz café para o meu pai e toma um gole antes, para ter certeza que está do gosto dele” - Danny, 6 anos

“Amor é o que está com a gente no natal, quando você para de abrir os presentes e o escuta” - Bobby, 5 anos

“Se você quer aprender a amar melhor, você deve começar com um amigo que você não gosta. - Nikka 6 anos.

“Quando você fala para alguém algo ruim sobre você mesmo e sente medo que essa pessoa não venha a te amar por causa disso, aí você se surpreende, já que não só continuam te amando, como agora te amam mais ainda” - Samantha , 7 anos

“Há dois tipos de amor, o nosso amor e o amor de Deus, mas o amor de Deus junta os dois” - Jenny, 4 anos

“Amor é quando mamãe vê o papai suado e mal cheiroso e ainda fala que ele é mais bonito que o Robert Redford” - Chris, 8 anos

“Durante minha apresentação de piano, eu vi meu pai na platéia me acenando e sorrindo. Era a única pessoa fazendo isso e eu não sentia medo” - Cindy, 8 anos

“Não deveríamos dizer eu te amo a não ser quando realmente o sintamos. e se sentimos, então deveríamos expressá-lo muitas vezes. As pessoas esquecem de dizê-lo” - Jessica, 8 anos

“Amor é se abraçar, amor é se beijar, amor é dizer não” - Patty, 8 anos

“Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro” - Mary Ann, 4 anos
  
“Deus poderia ter dito palavras mágicas para que os pregos caíssem do crucifixo, mas ele não disse isso. Isso é amor” - Max, 5 anos”.

Por: Luana Raposo

FAZENDO A VONTADE DE DEUS


Será que os jovens estão fazendo a vontade de Deus? Agradando ao criador do céu e da terra? Como saber se agrado ou não a Ele? Jovens e adolescentes estão cada dia buscando investir o conhecimento em tecnologia, informação, etc. Porém, muitos não fazem a vontade de Deus! A moda é fazer o que der na telha! Ser influenciados por amigos de faculdade, colégios, trabalho e até amigos desviados. Fazer a vontade de Deus é renunciar a si mesmo e seguir ao Deus supremo, como diz Paulo aos Gálatas - “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gálatas 2.20). Fazer a vontade do pai é pregar para toda criatura “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15), é andar segundo a sua palavra, dar bom testemunho na igreja e fora dela, procurar na faculdade a próxima alma para Jesus. Perguntar-se, qual será o próximo que irei evangelizar?

ADOLESCENTE


você que escolheu ser um adorador e

D edica o seu louvor a Deus

O tempo fará de você á

L uz para muitos e

E xemplo de fé e

S emearás a certeza e

C onfianças em dias melhores, serão.

E sperança de um mundo melhor

N essa jornada o Senhor

T e guiará e te Sustentará

E ternamente para sempre

COMO FAZER MISSÕES


Uma andorinha só, não faz verão; Um missionário só, faz missão

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. (Marcos 16.15).

As Boas Novas do Evangelho foram na terra por Jesus, para toda a raça humana. Por isso, devemos ir por todo o mundo, e não apenas para algumas regiões. O "Ide" é imperativo e não opcional. Este é o nosso chamado como corpo de Cristo, é a nossa responsabilidade: ir e pregar o evangelho.

Visão - Olhar para o mundo sob a perspectiva bíblica. Saber que Jesus morreu por todos os homens. Conhecer as necessidades do homem e ter verdadeira consciência sobre as responsabilidades conferidas a você para mudar tal situação.

Amor pelos perdidos - Uma paixão desenfreada por aqueles que se perdem no mundo. Preocupação autêntica com as pessoas que ainda não foram alcançadas pelo evangelho. Sofrimento e dor quando ouve alguma notícia sobre a situação caótica da raça humana. Sente a responsabilidade de mudar situação.

Disposição - Levanta-se para fazer algo concreto em benefício das pessoas. Não mede esforços para trabalhar na casa de Deus. Está sempre alegre em saber que tudo aquilo que é feito para a obra de Deus é bom e satisfatório. Não importa o resultado imediato, o importante é que o nome do Senhor está sendo glorificado. Dispõe-se debaixo de uma vivida e empolgante responsabilidade para mudar a situação.

Visão - Conhecer a responsabilidade.
Amor pelos perdidos = Sentir a responsabilidade.
Disposição = Agir sob a responsabilidade.

Fazer missões é algo imperativo para o povo de Cristo. O "Ide" é uma ordem do próprio Senhor Jesus. Faça missões você também. 

(JÓ 11. 16-19)


Esquecerás dos teus sofrimentos e deles só terás lembranças Como de águas que passaram. Tua vida será mais clara que o meio-dia;  Ainda que lhe haja trevas, serão como a manhã. Se sentirá  sempre seguro, porque haverá esperança; Olharás em derredor  e dormirás tranquilo. Se deitara e ninguém  te espantará; E muitos procurarão  obter o teu favor. ( - 11- 16-19)